DISTRAÇÕES_i_IMAGENS

...um olhar sobre... as minhas IMAGENS preferidas e algumas DISTRAÇÕES ...

"A fotografia é a poesia da imobilidade: é através da fotografia que os instantes deixam-se ver tal como são." (Peter Urmenyi)
"A dignidade pessoal e a honra não podem ser protegidas por outros. Devem ser zeladas pelo indivíduo em particular" (Mahatma Gandhi)
"Para viajar, basta existir. " ( Fernando Pessoa )

quarta-feira, dezembro 29, 2010

... um problema dos outros ... ou um problema nosso (?) ( Cap. II )

... Continuando o CAPÍTULO I....
Temos o
CAPÍTULO II...
( É normal ... )

(...)
É que para mim, realmente existem serviços que funcionam bem, outros que funcionam mal e outros simplesmente que não funcionam... disto, sabemos todos nós ... E como sabemos, é muito mais fácil deitar as culpas para estes mesmos serviços, dizendo que são todos incompetentes... Ora vamos lá com calma...

E eu ? E nós ? Não temos nenhuma responsabilidade ?
Não somos também, cidadãos de um país, que por acaso é nosso ??
Onde é que está a CIDADANIA ?
Nestas coisas de preservação e defesa do Ambiente, a maioria de nós já ouviu falar na Política dos 3 R's... São eles:
- REDUZIR - Quer dizer ter práticas que permitam a redução da produção de RSU's ;
- REUTILIZAR - Quer dizer, sempre que possível, dar utilização aos nossos resíduos "fazendo com que eles cumpram outras funções ou tenham outros objectivos . Esta parte permite por exemplo evitar que existam resíduos que sejam eliminados ocupando espaço em aterros ou centrais de incineração ;
- RECICLAR - Quando não é possível utilizar as duas "técnicas" anteriores, proceder à correcta deposição e eliminação de modo a que tudo o que se possa reciclar, seja reciclado. Não somos nós, comuns cidadãos, que normalmente reciclamos. Existem empresas e locais próprios para este efeito. basta cumprirmos as regras de deposição dos nossos lixos. São poucas mas eficientes.

Mas existe ainda mais dois "R's".
A Política passou a ter 5 "R's"

O primeiro, que é o quarto, é o de RESPEITAR.
Evidentemente que toda a gente sabe o que quer dizer, ou não... Se não, eu explico, todos nós temo o DEVER de RESPEITAR, mas não é o Ambiente, é RESPEITAR o outro cidadão, é respeitar a Sociedade, respeitarmo-nos enquanto cidadãos.

O segundo que falta, que obviamente o quinto, é o da RESPONSABILIDADE.
E este é que é a questão. Todos nós temos a RESPONSABILIDADE de ter práticas que tenham como fim a protecção dos nossos espaços, dos espaços públicos, e no fundo do Ambiente, ...
Então qual é a minha RESPONSABILIDADE ?
Então eu posso colocar o meu lixo junto a uma árvore ou num passeio qualquer, que alguém há-de vir recolher o mesmo ? E quem é que paga isto ? É de "borla" ?

Vou-vos contar uma coisa que se calhar alguns não sabem ...
Em Lisboa, em alguns bairros já existe esta prática, mas quanto a mim devia ser muito mais alargada.
Sabem que somos um país muito rico ? Não sabiam pois não ?
É que, que eu me lembre, só nesta cantinho à beira-mar plantado, é que se faz recolha de RSU's ( quer dizer Resíduos Sólidos Urbanos ), com periodicidade DIÁRIA (TODOS OS DIAS incluindo Domingos e Feriados) na generalidade das localidades . E isto, meus amigos, é um LUXO, que é muito caro para a generalidade dos cidadãos, leia-se todos nós.
Também somos dos poucos países onde se paga mais por sermos limpos, isto é, se o meu vizinho fôr uma pesssoa consciente, separar o "lixo" todo, tomar banho todos os dias, e eu pelo contrário tomar banho só no Natal e estar-me a "borrifar" para a separação, quem paga mais é .... o meu vizinho, porque se paga a taxa de tratamento dos resíduos em resultado de uma percentagem do consumo da água... Não acreditam, vejam as vossas facturas da água.

Ora temos aqui as duas vertentes.... A segunda revela uma fragilidade dos serviços municipais ou públicos, que premeia o não cumpridor, isto é, o "porco" ... Também se revela aqui uma falta de fiscalização por parte desses mesmos serviços, dado que dificilmente alguém pagou uma "coima" por depositar mal o seu "lixo".

No entanto, para mim, e mais importante, é a falta de CIVISMO que se espalha pelas ruas e campos, bosques,  deste território...
Não há nenhum problema em se cuspir para o chão, deitarmos os restos dos nossos cinzeiros para a estrada ou rua, pegar nos papeis e enviá-los para um remetente público, normalmente um passeio ou uma zona ajardinada e de todos nós, as ruas e espaços públicos, passearmos os nosssos cães e não limparmos o que o animal acabou de deixar como "presente" para alguém depois pisar, ter de chamar nomes ao dono do animal (ou ao animal que acompanha o animal de estimação), deixarmos os nossos resíduos em vez de ser dentro do contentor, fora e ao lado ou ao lado de uma árvore, ou mesmo no meio da rua ... Alguém há-de limpar e lavar... É para isso que eu pago os meus impostos, pensam alguns "inteligentes".
E depois ainda dizemos que não há quem fiscalize... Pois, tinha de se ter um fiscal por cada potencial prevaricador... e quem paga isto ? É de borla ??

Faço um pequeno desafio, visitem uma Central de Incineração (arredores de Lisboa ou do Porto) e vejam, mas com olhos de ver a quantidade de RSU's recolhida num dia normal de semana, e depois se conseguirem não façam "ar de espanto".

Bem, cá para mim, e normalmente pelo que vejo e leio, a culpa nunca é nossa... é sempre dos outros, isto é, dos serviços ... e os serviços não têm rosto, não têm cara .... ou pelo menos nem sempre é a mesma ...
Mas de um coisa eu tenho a certeza, eu também pago, pago e bem caro a "jarvardice" que os outros fazem...

Por isso, antes de "atirarmos" culpas, desculpando-nos , meus amigos, olhemos para o "umbigo", e tentemos de alguma forma ter um bocadito de respeito pela CIDADANIA e assumirmos a nossa RESPONSABILIDADE, isto é, uma tarefa de todos...

Diga-se em abono da verdade, que felizmente já existem muitos cidadãos que são verdadeiros CIDADÃOS... dignos deste nome, só que somos poucos ainda .... a estes ninguém agradece, apenas dizem que estão a cumprir o seu dever ... é verdade . E normalmente que assim se refere a estes CIDADÃOS, é quem não cumpre...
Coisas ...
Desculpem-me a falta de modéstia, o desplante, possivelmente até a falta de educação, que tive em escrever estas palavras, mas por vezes também cansa ouvir que só os outros são incompetentes ... é que devido à minha curta actividade profissional e responsabilidade não só social mas também funcional e operacional, não posso permitir que um qualquer chame de incompetente a milhares de pessoas que lutam neste país para manter as ruas livres de porcaria, e garanto-vos, muitas vezes com razão para se desmotivarem... o que vale é que ainda acreditam ... e por isso aguentam-se ... e ainda bem.
Obrigado a estes resistentes, obrigado aos CIDADÃOS ...
(imagens retiradas da Internet)
(As minhas fotografias têm situações bem mais degradantes)

Sem comentários:

Enviar um comentário