DISTRAÇÕES_i_IMAGENS

...um olhar sobre... as minhas IMAGENS preferidas e algumas DISTRAÇÕES ...
"A fotografia é a poesia da imobilidade: é através da fotografia que os instantes deixam-se ver tal como são." (Peter Urmenyi)
"A dignidade pessoal e a honra não podem ser protegidas por outros. Devem ser zeladas pelo indivíduo em particular" (Mahatma Gandhi)
"Para viajar, basta existir. " ( Fernando Pessoa )

segunda-feira, outubro 04, 2010

... DIA MUNDIAL DO ANIMAL...


Três artigos da DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS DOS ANIMAIS, proclamada na Bélgica a 27 de Janeiro de 1978 :


ARTIGO 6:
a) Cada animal que o homem escolher para companheiro tem o direito a uma duração de vida conforme sua longevidade natural.
b) O abandono de um animal é um ato cruel e degradante.



ARTIGO 10:
Nenhum animal deve ser usado para divertimento do homem. A exibição dos animais e os espetáculos que utilizem animais são incompatíveis com a dignidade do animal.



ARTIGO 13:
a) O animal morto deve ser tratado com respeito.
b) As cenas de violência de que os animais são vítimas, devem ser proibidas no cinema e na televisão, a menos que tenham como fim mostrar um atentado aos direitos dos animais.

Começo por aqui, dado que hoje se "celebra" o Dia Mundial do Animal...
Muito se escreveu, muito se escreve neste momento e muito se há-de escrever, sobre este assunto...Eu também decidi escrever qualquer coisa.
Não quero aqui, também eu debitar moralidades, porque de "moral" (... note-se que coloquei entre aspas...), está este e outros mundos, cheios...

Mas olhando para os três artigos acima, os quais eu destaquei, embora considere a Declaração um documento de extrema importância, não só para saber mais, mas também respeitar também o que é lá inscrito, confesso, que foi hoje pela primeira vez, que fiz uma leitura um pouco mais atenta...evidentemente pelo dia em si...
Ainda, na pesquisa que fiz, li algo mais ou menos assim "... todos nós deviamos conhecer a fundo a declaração...." e continuava...
Bem para começar com a questão dos moralismos, como é posssível se a maior parte de nós, não sabe o que diz a Declaração dos Direitos Humanos, quanto mais respeitá-la ???? Nem as leis mais fáceis ou simples, da legislação do nosso país, quanto mais estas...
Bem, mas voltando à "vaca fria",  olhando para o primeiro artigo, Artigo 6º, eu diria mais, o abandono de um animal, que muitas vezes se escolhe porque achamos divertido, e/ou um brinquedo, deveria ser considerado CRIME ( não sei se é ou não ), mas as pessoas ao serem descobertas ou detectadas, deviam ser presas... Sobre este assunto, que eu saiba, ainda ninguém o foi... mas já se descobriram muitos "donos" que abandonaram os animais de "estimação" ao seu destino, para não falar de situações bem piores...

Continuando, e dando uma olhada de raspão ao ARTIGO 10º, nem preciso de perguntar, mas pergunto :

- As touradas são um espectáculo ????........ É pura ignorância minha, juro que não sei....
- Os circos, alguns circos, (eu disse alguns), são também espectáculos ????? ... Repito, sou ignorante....também não sei...
E já agora, não são "actividades" detectáveis... auditáveis... sei lá ninguém sabe onde se passam e quando ??? .... Devo ser mesmo parvo, já não digo ignorante....

Se calhar na Declaração dos Direitos dos Animais, esqueceram-se de uma alínea a este artigo, que deveria ser, ou conter mais ou menos este sentido :

" São no entanto autorizados desde que sejam TRADIÇÃO OU SEJAM NEGÓCIO."

E assim, já ninguém podia fazer qualquer tipo de reparo.

Quanto ao ARTIGO 13º, apenas mais um pequeno pedido de esclarecimento:

Não sei se a declaração tem o mesmo valor para todos os países, ou quais os países que a ratificaram. Mas cortarem as orelhas e o rabo, ao touro depois de morto em plena arena, (...espera aí em Portugal acho que em alguns locais isto também se passa, digo eu que sou ignorante, e esta não sei mesmo se é assim...), para o "heroí" mostrar a toda a assistência o resultado do seu feito, isto será falta de respeito??... Lá estou eu novamente a ser parvo...

Sei que a Vida está difícil para todos, em Portugal e, infelizmente, em alguns países, bem piores do que nós... Mas ver actividades a "celebrar" este dia, dizendo, ou enunciando,  "....o meu cão quando vai à rua leva sempre o saco... ", para quê, para ir às compras, digo eu...

Gostava mesmo, que fosse diferente. O RESPEITO pela VIDA, é um valor e um princípio que é exigente, e que em cada momento devemos ter sempre presente... Eu disse a VIDA... apenas...

Resta-me apenas agradecer, mas agradecer a todos, a todas as organizações, a todas as pessoas que de uma forma incógnita, têm este respeito pela VIDA, agora falo da VIDA ANIMAL. Este valor... Muitos desconhecidos, conheço alguns, que de uma forma desinteressada, lutam dia-a-dia pela protecção de alguns animais... Eu digo que são poucos, os que têm esta sorte... A D. Ana, por vezes, com sacrifício pessoal, coitada, achando que são poucos os que consegue ajudar, por vezes o desespero, leva-a a pensar que são muitos... Mas com a ajuda de miúdos e graúdos, lá vai lutando e levando a pouca água que pode ao seu moinho... Digo-lhe D. Ana, embora existam muitas D. Ana's espalhadas pelo Mundo inteiro, era bem bom, um sonho certamente, que cada um de nós desse um bocadinho do que a D. Ana e as outras Ana's dão...
E contra mim falo, que ao fim de muitos dias, me lembrei hoje, da .... D. Ana...
Porque terá sido? ... talvez e agora assumidamente, uma boa dose de ignorância... 

Sem comentários:

Enviar um comentário