DISTRAÇÕES_i_IMAGENS

...um olhar sobre... as minhas IMAGENS preferidas e algumas DISTRAÇÕES ...
"A fotografia é a poesia da imobilidade: é através da fotografia que os instantes deixam-se ver tal como são." (Peter Urmenyi)
"A dignidade pessoal e a honra não podem ser protegidas por outros. Devem ser zeladas pelo indivíduo em particular" (Mahatma Gandhi)
"Para viajar, basta existir. " ( Fernando Pessoa )

quinta-feira, julho 22, 2010

...um olhar sobre ... CONSCIÊNCIAS E AMBIENTE...

Lembrei-me de fazer este texto, por causa de umas fotografias que foram colocadas num post de um amigo, "Expresso da Linha", e que me "picou" .
Não sou um Ambientalista, e muito menos fanático...
Posso é ser parvo.... mas toda a gente tem direito a uma pequena parvoíce de vez em quando....

Há dias, numa Sexta-feira no fim do meu dia de trabalho, dirigia-me calmamente para casa... A Ponte Vasco da Gama, acho que é apanágio desta ponte às sextas, estava literalmente entupida de trânsito... Estava parado... e eu calmamente, que remédio, lá estava também, fazendo parte dos muitos que queriam chegar ao seu destino...
Ouvia música... janelas fechadas... Ar condicionado ligado, estava um calor do caraças, eis que para meu espanto, da janela do carro da frente, um jovem com os seus 14 ou 15 anos, aproveitava para limpar o carro do pai... e deita pela janela um plástico e um pacote de sumos...
Fiquei ali uns segundos a pensar o que iria fazer.
Tinha duas opções : ou ficava a ouvir música e não fazia nada, ou ia falar com o rapazito, e consequentemente com o pai do rapazito, sujeito a levar um estalo, no minimo ( dada a minha esbelta e forte figura física ).
Como estavamos parados, decidi-me pela segunda. Abri a porta da minha viatura, apanhei o plástico e o pacote de sumo, dirigi-me a viatura da frente, bati na janela do moço, e antes que pudesse dizer mais qualquer coisa, o pai do moço diz-me:
- O que foi ? O que se passa ?
- É que o seu filho acabou de perder isto - respondi-lhe ao mesmo tempo que lhe mostrava os objectos perdidos.
- E o que é que quer ? Isso é lixo ! - retorquiu
Pensei "AHHH é ? Não me diga... olhe estava longe de imaginar tal coisa.", mas achei por bem apenas responder:( foi a questão da possibilidade do estalo ....)
- Sim, mas não estava aqui na estrada...
O rapazito, com uma cara de parvo, que até metia impressão, que entretanto tinha aberto a janela, lá aceitou o que tinha perdido. O moço era mesmo parecido com o pai e atirava à mãe...
Antes que eu levasse algum estalo, fui para o meu carro, fechei a porta e tranquei as mesmas, não fosse o diabo...
Enquanto me mantive atrás deste carro, o raio do pacote e do plástico, não voltou para a estrada.
Depois não sei , mas não tenho tanta certeza que tal não tenha acontecido...

Isto tudo para dizer, que embora muita gente pense, que só em países com um grau de menor desenvolvimento de consciências, económico, ou de outro factor qualquer, é que se passam este tipo de situações. Quem assim pense, está redondamente enganado.

Eu gostaria de saber, qual seria a poupança que o Estado e os ganhos que todos nós teríamos, se cada um de nós, por uns segundos do seu dia, pensasse, antes de ter este tipo de atitudes. Não deitar lixo para o chão. Já não peço que o separem... Apenas que o ponham nos sítios certos...

Ao escrever estas linhas, lembrei-me de umas imagens, que penso que foi em 2008, princípios de 2009, (nesta altura ponto crítico, mas que ainda hoje se mantém o mesmo tipo de problema, não com tanta gravidade evidentemente), recolhidas numa cidade por todos conhecida, pelo menos de nome, em... imagine-se num país desta nossa Europa .... Itália. Estou a falar de Nápoles.
Lembram-se ? .... Não? ... Aqui ficam dois exemplares....



Não, não são de uma país de Terceiro Mundo, sub-desenvolvido.
Estou a falar de um país da União Europeia.
Mas não pensem que em Portugal, não temos casos, embora de menor dimensão, mas que com o tempo se poderiam transformar neste caos.

Se perguntarmos ao comum do cidadão, quem tem que limpar, se fizessemos um sondagem, invariavelmente a resposta, seria ;
"A'tão quem tem culpa é a Câmara !!"
Espanto, "eu", nunca tenho a responsabilidade ou até a culpa... Os outros não limpam ...
Mas ainda me "irrita" mais aqueles senhores ou senhoras, que passeiam os seus cães nos relvados, falando para o animal "Você... porte-se bem", e depois, o desgraçado do animal, que tem de fazer as suas necessidades, faz onde pode, onde lhe deixam, e lá fica aquele monte "de merda", para permitir a qualquer criança que a seguir vá jogar à bola, uma convivência diferente...
O culpado, foi o cão.... o dono ou a dona do cão... não, é gente fina...
E se lhe dizem alguma coisa, se lhe chamam à atenção, cai o verniz todo, e de mãos na cintura, disparam pela boca as maiores alarvidades e insultos... É o que temos... É o que merecemos...(??)
Quando ouvimos por vezes, contar as aventuras da última viagem a um qualquer país estrangeiro, também facilmente ouvimos:
- E a limpeza das ruas ?  Haviam de ver. Nem uma beata se via... Aquilo sim... Vale a pena... Um gajo até se sente envergonhado em deitar a beata para o chão...
Olha que caraças, e então cá, o "gajo" não se sente envergonhado ? É Parvo ou Quê ? Certamente que não é, Quê.....

Foi apenas um desabafo. Não tenho com isto a veleidade de pensar que resolvi este tipo de assunto. É uma questão de mentalidades, de formas de agir... e nós por cá, deixamos muito a desejar...

Façam-me um favor, sejam mais conscientes, mais "limpinhos"...
Foi tudo isto, apenas um desabafo.....

(Fotografias tiradas da Internet-pesquisa imagens "lixo nas ruas em Nápoles)

2 comentários:

  1. A de cima é em Paris.
    A de baixo poderá ser em Nápoles, naturalmente.
    Qualquer dos cenários aponta para uma mega manif.
    E, nessas circunstâncias,, FERNANDO, bem sabe que não há recipientes que cheguem para que cada um deposite o seu lixinho.
    Tenho uns slides de uma manifestação do Le Pen, pelas ruas de Paris, em que os seviços de limpeza (suponho que camarários) seguiam IMEDIATAMENTE atrás e tudo limpavam.
    Três minutos depois do último manifestante passar (antigos combatentes), tudo era limpo à mangueirada e aspirado!
    Nunca vi tal eficiência em lado nenhum!

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  2. Caro João, Realmente a primeira é de Paris e resultou de um protesto (?).
    Quanto á segunda, é realmente de Nápoles e foi um problema que assolou esta cidade e outras devido à falta de recolha de RSU's por motivos políticos e menos que tal...
    No entanto a inconsciência cívica, causou graves problemas de saúde pública. Acredite que temos verdadiras lixeiras em Portugal.
    Quanto aos recipeinetes , falamos sobre esse assunto em Lagos....
    Um abraço,

    ResponderEliminar