DISTRAÇÕES_i_IMAGENS

...um olhar sobre... as minhas IMAGENS preferidas e algumas DISTRAÇÕES ...
"A fotografia é a poesia da imobilidade: é através da fotografia que os instantes deixam-se ver tal como são." (Peter Urmenyi)
"A dignidade pessoal e a honra não podem ser protegidas por outros. Devem ser zeladas pelo indivíduo em particular" (Mahatma Gandhi)
"Para viajar, basta existir. " ( Fernando Pessoa )

domingo, fevereiro 16, 2014

... Cataratas de Kalandula ... em Kalandula, Província de Malanje ....

... em Kalandula ...
... uma pequena terra, mas uma grandeza tão imponente ...
As Cataratas de Kalandula ...
(... antes de 1975, davam pelo nome de Quedas do Duque de Bragança ...)
(... isto cá para nós, acho que o senhor nem sabia que tinha umas cataratas ... bem hoje espero que também não tenha, de espécie nenhuma ...)

Cataratas de Kalandula
... com 410 metros de extensão ...

... com 105 metros de altura ...

... as águas do Rio Lucala, entram no precipício ...

Estive, a admirar a paisagem deslumbrante ...
... completamente "anão", perante tal grandiosidade ...
... como sempre, apareceram alguns "amigos" ...

- "pai grande", tira uma foto - disseram-me eles.

... e tirei, ou pedi para tirarem ...
... este momento, como muitos mais, fazem-me recordar para sempre este dia ...
... e neste momento, as águas do Rio Lucala, lá seguiam o seu caminho, depois de um mergulho de 105 metros, até encontrarem as águas do Rio Kwanza, em direcção ao Atlântico, o mesmo mar que banha as "paragens lusitanas" ...
... o meu dia nas cataratas ...
... mais um dos momentos de excelência, nesta minha presença em Angola ...
... terra de contrastes, mas também de uma beleza incrível ...
... é Angola ...
... é África ...

(Fotografias de FAIRES)

4 comentários:

  1. A essas cataratas fui apenas umas duas ou três vezes...metiam respeito e recordo que uma das vezes foi em pleno cacimbo...e até me faltava o ar com a imponência dessa maravilha.

    ResponderEliminar
  2. Tu quando saiste de Angola eras bem pequeno, eu saí com 26 anos...e quantas vezes chamei ao meu pai..."pai grande" hehehehehe...

    Quem me dera poder voltar!!!

    ResponderEliminar
  3. Eu sabia das QUEDAS DO DUQUE DE BRAGANÇA, mas nunca as tinha visto !
    Esplenderosas !
    Nada ficam a dever a outras renomadas, pois não, Fernando ?

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  4. Trimmmmm, trimmmmmmmm, toc, toc, toc...Ausente? Presente?

    Deixo-te um abraço com os votos que tudo esteja bem e uma Feliz Páscoa!

    ResponderEliminar