DISTRAÇÕES_i_IMAGENS

...um olhar sobre... as minhas IMAGENS preferidas e algumas DISTRAÇÕES ...
"A fotografia é a poesia da imobilidade: é através da fotografia que os instantes deixam-se ver tal como são." (Peter Urmenyi)
"A dignidade pessoal e a honra não podem ser protegidas por outros. Devem ser zeladas pelo indivíduo em particular" (Mahatma Gandhi)
"Para viajar, basta existir. " ( Fernando Pessoa )

sábado, julho 07, 2012

... Igreja de N. Senhora do Carmo ... Luanda ...

Situada no Largo Irene Cohen ...

Fachada principal

A igreja do Carmo foi fundada em 1660/1689.
A igreja pertence ao convento da ordem das carmelitas e foi reformada no final do século XVI por Santa Teresa e São João da Cruz.
 

Tem uma fachada lisa e a empena triangular, chamando a atenção pelo tecto pintado á mão destacando-se os azulejos lisboetas do século XIII cobertos de abóbadas de meio canhão do corpo e da cabeceira.


Fachada do Convento

A sacristia foi criada por Dom João de Lancastre, facto comprovado pela escrita encontrada numa lápide, onde se lê que a mandou custar em 1961. Do lado direito da igreja conventual foi construída o claustro que a liga ao convento do Carmo.

Juntamente com a Igreja de Nossa Senhora dos Remédios e a Igreja da Nossa Senhora da Nazaré, é uma das mais antigas de Luanda.

(Fotografias de FAIRES)
(Informação retirada da net)

2 comentários:

  1. Fui aqui baptizada e fiz a catequese (à lambada pois aprontava sempre a manta) e como está tão bem conservada. Perto ficava a Câmara Municipal:)

    Ai uê mamã ricordar é dimais siô

    ResponderEliminar
  2. Também nasci na cidade de São Paulo da Assunção de Luanda (Hospital Central de Luanda)e fui baptizado na Igreja do Carmo, pois vivíamos nas Ingombotas, perto da Câmara Municipal. Recordo com saudades os tempos muito felizes da minha infância. Agora vivo de sons, sabores e cheiros da minha terra, pois estou sempre ligado à Rádio África e a moamba, calulu e feijão com óleo de palma, fazem parte da minha alimentação semanal. Aos fins de semana, vamos abanar o capacete para o Sarabanda, ao som de música africana.

    ResponderEliminar