DISTRAÇÕES_i_IMAGENS

...um olhar sobre... as minhas IMAGENS preferidas e algumas DISTRAÇÕES ...

"A fotografia é a poesia da imobilidade: é através da fotografia que os instantes deixam-se ver tal como são." (Peter Urmenyi)
"A dignidade pessoal e a honra não podem ser protegidas por outros. Devem ser zeladas pelo indivíduo em particular" (Mahatma Gandhi)
"Para viajar, basta existir. " ( Fernando Pessoa )

quarta-feira, maio 16, 2012

... Baobá ...

... percorrendo a estrada para Benguela ...
... certamente que me muitas paragens mais ...
... no meio de paisagens mais ou menos agrestes ...
... o nosso olhar contempla ...
... O BAOBÁ ...

... de imponência relevante ...
... podem atingir 25 metros de altura e o seu tronco 7 metros de diâmetro ...
... é um dos ex libris das paisagens de Angola ...
Também conhecida, esta majestosa obra de arte da Natureza por ...
... imbondeiro ...
... embondeiro ...
... calabaceira ...
Ainda não sei qual o nome mais correcto. Sempre a conheci por imbondeiro.

Imensos reservatórios de água.
Podem armazenar no seu tronco milhares de litros de água.
Cantada por poetas, é um marco na paisagem angolana.
De aspecto também ela agreste, ninguém fica impassível ou indiferente à sua presença em zonas de pouca vegetação..
Desenvolvem-se em zonas sazonalmente áridas, árvores de folha caduca.
É dificil determinar a idade, dado que não desenvolve aneis de crescimento.

Ao velho Imbondeiro

Eu penso que nunca verei
Um poema tão belo como o imbondeiro.
Uma árvore que morde com vontade
O seio da doce mãe Terra.
Ao pai, Sol, mostra-se todos os dias
Usa os ramos para louvar a mãe que a amamenta.
Uma árvore que no pico do verão,
Vaidosa apesar da idade,
Usa o ninho do pardal no cabelo.
Com a chuva tece intimidades,
Com o calor endurece a têmpera.

Poemas, são feitos por loucos como eu
E o Imbondeiro, quem o fez?
(Poema de Jaber)
(Fotografias de FAIRES)

1 comentário: