DISTRAÇÕES_i_IMAGENS

...um olhar sobre... as minhas IMAGENS preferidas e algumas DISTRAÇÕES ...

"A fotografia é a poesia da imobilidade: é através da fotografia que os instantes deixam-se ver tal como são." (Peter Urmenyi)
"A dignidade pessoal e a honra não podem ser protegidas por outros. Devem ser zeladas pelo indivíduo em particular" (Mahatma Gandhi)
"Para viajar, basta existir. " ( Fernando Pessoa )

segunda-feira, novembro 21, 2011

... no alto do seu "pedestal" ...

... olhando o ocaso ...
... mais um dia, terminava e a noite tomava o seu lugar ...
... incessante movimento, com passos largos e seguros, caminhava vergada pelo peso da Vida ...
... Maria, uma Maria seguia pelos caminhos tortuosos com o destino bem determinado ...
... Maria, Maria Noite, como tantas e tantas "Marias" desta vida ...
... com o seu incessante caminhar, dava início a mais uma jornada ...
... quase como sempre, caminhava, e o tempo que não tinha, ia sendo consumido a cada passo que dava ...
... pensando estar sózinha, seguia acompanhada...
... do alto do seu "pedestal", alguém "observava" ...

(Fotografia de FAires)

5 comentários:

  1. A foto é muito bonita,transmite tranquilidade,e o texto;muito bom.
    Creio que você tem uma veia poética bem acentuada,gosto do que escreve.
    Abraços.

    ResponderEliminar
  2. Perfeita a imagem, FERNANDO !
    E quanto à qualidade do texto, a FRANCO já disse !

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  3. Já ouvi chamar de 'Maria' a muitas coisas, mas a uma palmeira juro que é a 1ª vez ehehehehe

    Belo elogio a essa dita 'Maria' :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. É só porque os dias acabam assim, em majestosos adeus e explosões de belo que nós não lhes queremos mal, por gastarem o nosso tempo...

    ResponderEliminar