DISTRAÇÕES_i_IMAGENS

...um olhar sobre... as minhas IMAGENS preferidas e algumas DISTRAÇÕES ...

"A fotografia é a poesia da imobilidade: é através da fotografia que os instantes deixam-se ver tal como são." (Peter Urmenyi)
"A dignidade pessoal e a honra não podem ser protegidas por outros. Devem ser zeladas pelo indivíduo em particular" (Mahatma Gandhi)
"Para viajar, basta existir. " ( Fernando Pessoa )

quarta-feira, dezembro 22, 2010

UM PRESÉPIO ... O MEU PRESÉPIO ...

PRESÉPIO...
... de acordo com o especialistas da Linguística, quer dizer, local onde se guarda gado, curral...
... local da Natividade ... o nascimento de Jesus ...

Os primeiros presépios surgiram em Itália no séc. XVI.
No entanto, a celebração do nascimento de Jesus remonta ao séc. III, tendo coincidido com as primeiras peregrinações a Belém.


As primeiras representações do nascimento de Jesus, surgiram a partir do séc.IV.


S. Francisco de Assis é visto como o "Pai", o "Criador" dos presépios.
No séc. XIII, decidiu celebrar a missa da véspera de uma forma diferente.

Em vez de a celebrar na igreja, como normalmente até aí era feito, celebrou numa gruta perto da cidade de Assis, tendo "construído" um Presépio "vivo" . 
Os presépios mais conhecidos e famosos são os presépios napolitanos.
São ainda nos dias de hoje uma referência e sempre apreciados devido às suas características artísticas e plásticas . 
Em Portugal, temos também diversos locais, que nesta altura do ano, apresentam os seus presépios.
Fazem a delícia dos petizes e dos adultos que por momentos se transformam em petizes...
É bonito observar, em alguns dos presépios, os movimentos, tudo o que rodeia uma gruta, sempre o centro das atenções ... nessa gruta, nesse pequeno estábulo, representa-se a cena do nascimento de Jesus ... Crentes, e Não Crentes, muito pouca gente fica indiferente a um Presépio ...
Quem não conhece o célebre Presépio de Machado de Castro, que se encontra na Basílica da Estrela, à disposição de ser admirado por todos aqueles que lá vão ou lá queiram ir.

Também eu, todos os anos faço o Presépio. Não dou grande importância, embora goste, à Árvore de Natal.
No entanto quem me conhece sabe que me empenho na construção do meu Presépio. Durante o tempo em que estou a construir e a colocar as "figuras", são momentos de total descontração ... é muito mais barato e gratificante que qualquer tempo ou sessão de SPA ou psicanálise ....
É algo que me dá prazer, algo que me dá alegria e vontade de celebrar o Natal.
A base está feita há alguns anos ... o recheio, vai-se alterando de acordo com o que em cada ano me parece melhor... este ano ficou assim...
Sem querer ser presunçoso, ou "ignorante", este pequeno presépio para mim, é muito mais "valioso" que o de Machado de Castro ... perdoem-me a petulância, mas é meu ...

É também desta forma que festejo o Natal de 2010 ... em família e junto dos amigos ... de todos aqueles que me são mais próximos e importantes... Considero o Natal, na sua essência uma festa da família ...
Por isso termino desejando que todos tenham o Bom e Santo Natal, junto dos que para vós são os mais "importantes" ...

(Fotografias de FAIRES - e o Presépio também)

3 comentários:

  1. Pelo que vejo, está sobre uma mesa.
    Até tem um moinho de vento, para preparar as primeiras farinhas para o MENINO...

    Excelente resumo sobre a História dos Presépios !

    Agradeço e retribuo com AMIZADA os VOTOS aqui deixados.

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  2. Eu adoro presépios...desde os mais estilizados aos mais completos...Obrigada por teres partilhado este artigo sobre a sua história...

    FELIZ NATAL, com um beijo a desejar-te tudo de bom!

    ResponderEliminar
  3. Além da minha colecção de Cristos, também tenho uma colecção de presépios, LINA...
    Saiem da arca por volta do dia 8 e para lá retornam a saguir ao Dia de Reis.

    ResponderEliminar