DISTRAÇÕES_i_IMAGENS

...um olhar sobre... as minhas IMAGENS preferidas e algumas DISTRAÇÕES ...
"A fotografia é a poesia da imobilidade: é através da fotografia que os instantes deixam-se ver tal como são." (Peter Urmenyi)
"A dignidade pessoal e a honra não podem ser protegidas por outros. Devem ser zeladas pelo indivíduo em particular" (Mahatma Gandhi)
"Para viajar, basta existir. " ( Fernando Pessoa )

domingo, julho 18, 2010

... um olhar sobre ... A SERENIDADE DO DESERTO...

É impressionante a Serenidade destes trilhos...

Caminhando sob as areias escaldantes deste deserto, em busca de .... foi uma experiência diferente mas inesquecível.
Apenas se sentia, a par do calor e da areia quente sob os nossos pés, o vento... O vento SUÃO, não permitia que as marcas dos nossos passos permanececem mais do que alguns segundos...
Assim, quem por ventura quisesse seguir aquele trilho, não o poderia fazer... O SUÃO não o permitia...
 
O Sol, que durante todo o dia tinha aquecido aquelas areias, tinha também direito a repousar...
O vento, que até aí soprara com intensidade, de repente, como se alguém tivesse fechado a "porta", terminou a sua labuta...
A SERENIDADE era agora completa...
Nem uma areia bulia...
Chegava finalmente a Noite... O céu, até aí azul, dava agora a um céu escuro como o breu, mas pontilhado por milhões de estrelas, como se uma obra de arte se tratasse...
Foi a nossa viagem ao Deserto do Saara.
Mais uma viagem para recordar, e se possível repetir... pelo menos estas sensações e sentimentos...
(Fotografias de Teresa e Fernando)

6 comentários:

  1. Belas fotografias...Espectacular....
    Um abraço

    ResponderEliminar
  2. Caros Amigos meus

    Como eu invejo a vossa juventude!...

    Se o texto é bem explícito, as imagens são para eu SONHAR, ao menos...

    Então a central...!!!

    Um abraço e um beijo para a Teresa.

    (Voltem lá mais vezes...enquanto podem!

    ResponderEliminar
  3. Caro João Menéres,
    Não tem que ter inveja.
    Quem o "inveja " sou eu.
    Um abraço,

    ResponderEliminar
  4. Caro Fernando Santos,
    Obrigado pela crítica.É um prazer receber tão agradável apreciação.
    Um abraço,

    ResponderEliminar
  5. Realmente, o pôr do sol no deserto é uma sensação única. Tal como olhar para o céu, à noite. Há muito mais estrelas do que imaginavamos.
    Bjs

    ResponderEliminar
  6. Teresa,
    Bem sabemos o quê e como sentimos este pôr do sol.
    Realmente diferente.
    Um beijo e obrigado por voltares...
    Bjs

    ResponderEliminar