DISTRAÇÕES_i_IMAGENS

...um olhar sobre... as minhas IMAGENS preferidas e algumas DISTRAÇÕES ...
"A fotografia é a poesia da imobilidade: é através da fotografia que os instantes deixam-se ver tal como são." (Peter Urmenyi)
"A dignidade pessoal e a honra não podem ser protegidas por outros. Devem ser zeladas pelo indivíduo em particular" (Mahatma Gandhi)
"Para viajar, basta existir. " ( Fernando Pessoa )

quinta-feira, junho 24, 2010

... um olhar (TRISTE) sobre... UMA DURA E DESPREZÍVEL SITUAÇÃO...

Nota de Abertura

Depois de ler este texto, não vale a pena, tirar conclusões "extraviadas" e virem-me dizer que são situações diferentes, que num caso estamos a falar de Seres Humanos (Homens e Mulheres, Crianças ) e que no outro caso estamos a falar de animais. 
Não é com este sentido que coloco nas minhas palavras nem a interpretação, que pretendo que seja feita. A ser feita, até considero o acto de "de tacanhice", de "mau gosto" e de total falta de ética e respeito, para não dizer mais, por parte de quem a faz. O que eu aqui quero expressar é a atitude de total desprezo pela vida do outro que está indefeso.



Em jeito de revolta, depois de ler um "post" num blog meu conhecido Os meus óculos do mundo decidi fazer este texto, dar esta opinião. O post acima mencionado refere-se a uma situação que supostamente estará a acontecer

A fonte do texto aqui reproduzido, é a Tribuna Animal, estão também os contactos no texto do Blog acima mencionado .

"O Escândalo do Santuário de Fátima em relação ao abate de animais é conhecido de muitos, mas ninguém ainda conseguiu para esta crueldade", é como se inicia o referido post.
Após uma leitura cuidada de todo o texto, quero mesmo acreditar que tudo o que está escrito, NÃO É VERDADE.

Quero acreditar ...

"(...) As ordens partem da Reitoria do santuário, para que todos os cães que aparecem por Fátima, quer sejam adultos ou cachorros, quer tenham donos ou não, são capturados pelos seguranças e colocados na caixa que apresentamos na foto. (...) " ( cópia do texto )

Mais à frente , pode-se ler :

"(...) Esses cães são posteriormente levados, para esta caixa, permanecendo até que a carrinha da Câmara de Ourém tenha tempo para os vir buscar. Lá, são colocados, já muito debilitados, para abate, e são-no todos num prazo de poucos dias." (....) (cópia do texto)
Gostaria que, no seguimento de todas estas publicações, em blogs e outros meios de informação, gostaria que tivesse já alguém chamado "mentirosos" a quem reportou tal situação, que era uma infâmia, uma difamação, etc....

Até agora, que eu saiba, nada disto aconteceu.
Temo que tal não aconteça.
Temo o pior, que seja VERDADE.

Após ler o texto, todo o texto, tive de o re-ler, para perceber se aquilo que lia, era mesmo o que lia. Confusos ? Também eu, após três leituras. Devo ter dificuldades de interpretação.

Mais à frente, no mesmo texto, uma particularidade "interessante" que revela o "cuidado", na resolução desta situação. Assim temos :

"(...) A FAA soube também que existe um engenheiro que reporta directamente à reitoria do santuário, que deixa veneno (de acção ultra rápida) para matar alguns cães mais difíceis de apnhar..... (...) " ( Cópia do texto )

Sem comentários.... Então lembrei-me.

Há uns anos atrás, fiz uma viagem à Alemanha, mais propriamente a Munique, capital da Baviera. Estávamos já no Séc. XXI.
Numa das visitas que sempre se fazem, fui a DACHAU, um dos Campos de Concentração.
Lembro-me de ter visto a reconstituição dos locais e edíficios onde tinham estado os presos. Eram celas bem grandes. Depois lembro-me de ter visto os locais de detenção temporária, enquanto esperavam para ir para a Desinfecção (???). Na porta de uma das Câmaras estava um cartaz com o dizer " Estas câmaras foram utilizadas apenas e só para desinfecção. " Não era mentira nenhuma, pensei eu...
Depois, em jeito de Cadeia de Montagem, estavam, no final da "linha", os Fornos.
À entrada, mais um cartaz, onde se podia ler "Nestes fornos apenas foi queimado lixo"... Sem comentários.
O que é certo é que, quem ou o que era "desinfectado" nunca saiu pela porta do edifício. Por onde saíu, não me disseram. 
O guia era alemão.

Tudo isto, sem relação nenhuma ....
Em que é que aquilo que eu vi e visitei, se relaciona com isto ???
Pergunto-me. Não dou a resposta.

Desde aquela visita, continuamos no Séc. XXI. Aquelas instalações que me marcaram, que nunca mais esquecerei, foram construídas no Séc. XX.

Volto a perguntar. Qual é a relação ?

Volto ao texto.

Apanham-se os animais. Prendem-se os animais numa cela, onde sobrevivem em condições... bem, de que nem vou falar.
Quase mortos, são "conduzidos" a um local onde lhes é dado um desinfectante... , desculpem, uma substância (um veneno) de acção ultra-rápida, (notem bem o cuidado na escolha da substância), e depois desaparecem.
Onde é que está o final da linha ???????

Realmente, depois de uma apurada análise, das duas situações, uma em texto e outra em imagens, vejo quais são as diferenças...

Na primeira, na Baviera, eram seres, que praticavam estes actos contra HOMENS.
Na segunda, a ser verdade, em Fátima, junto ao Santuário, são também seres, que praticam estes actos contra ANIMAIS.
Reparem na diferença.
Estou muito mais descansado... Agora vejo as diferenças...
A semelhança é que os seres praticantes, sendo diferentes, se pudessem ou deixassem, eram EXACTAMEEEEEEEEENTE, IGUAIS.
São seres humanos, são humanos que usam a sua "importância de meia-tijela", o seu "poder", que ninguém lhes deu ou conferiu, para dispôr da Vida, em cumprimento do mesmo tipo de objectivo, o Extermínio.

Só uma pequena interrupção: se tiver alguma questão no espírito, leia novamente a Nota de Abertura.

Também não vale fazer a análise dizendo que é uma vergonha para a Igreja ou até para o Santuário de Fátima. Não vamos agora dizer que a responsabilidade é só de alguns....
Meus amigos, isto, a ser verdade é uma vergonha para os que se dizem seres inteligentes e pensantes. Leva-me a crer que nem pensantes e nem tão pouco, inteligentes. A ser verdade, nem posso considerar este tipo de indíviduos "Animais". Seria um insulto aos mesmo "ANIMAIS - SERES VIVOS" cada qual com a sua particularidade e "identidade" própria. 

"Quanto mais conheço os Homens, mais gosto dos animais."
Alguém disse isto, não sei quem foi, mas ....

Vivo em Alcochete. Também temos um canil. Pessoas, trabalham, todos os dias, com o apoio de voluntários ( muitas vezes crianças ); não se mata um animal.
Todos os animais são acarinhados. As condições não são as melhores, são as possíveis. Estes utentes do canil são vigiados até com apoio veterinário de uma clínica local. Continuam em protecção dos mais desfavorecidos pela sorte ou por algum "dono" com menos escrúpulos, que abandona o seu animal, que a determinada altura deixou de ter interesse, por não ser um brinquedo.
Mas continuam a trabalhar, em defesa destes animais.

Ponham os olhos em projectos como os de Alcochete. Ponham os olhos em outros projectos idênticos que existem pelo país.

Afinal é possível, sermos HOMENS SEMPRE.
Afinal é possível, sermos responsáveis SERES HUMANOS e mesmo sem necessidade de pedir, sabemos fazer "coisas" bem feitas em prol da Vida.

Contínuo ainda com uma esperança: SÓ ESPERO QUE TUDO SEJA UMA GRANDE MENTIRA E UM GRANDE EQUÍVOCO.

Por aqui fico... na mesma revoltado....

Sem comentários:

Enviar um comentário