DISTRAÇÕES_i_IMAGENS

...um olhar sobre... as minhas IMAGENS preferidas e algumas DISTRAÇÕES ...
"A fotografia é a poesia da imobilidade: é através da fotografia que os instantes deixam-se ver tal como são." (Peter Urmenyi)
"A dignidade pessoal e a honra não podem ser protegidas por outros. Devem ser zeladas pelo indivíduo em particular" (Mahatma Gandhi)
"Para viajar, basta existir. " ( Fernando Pessoa )

segunda-feira, outubro 26, 2009

Fomos à FEIRA DA LADRA

Um lugar de Encontros….
Um lugar de encontros de Gentes, Amores, Culturas e Destinos….
Um lugar de Desencontros….
Um lugar de Misturas de Odores, Leituras, Interesses, …… coisas
Uma mistura de Palavras ……




No passado Sábado dia 24 de Outubro, fomos à Feira da Ladra.
Já não íamos à Feira da Ladra há muitos anos.
Da última vez, comprámos uns Ferros de Engomar antigos e até comprámos uma cama de casal. Ainda hoje existem na nossa casa.
Considero este, um lugar com algum “misticismo”. É de certeza um lugar diferente.
Uma miscelânea de pessoas, de gentes provenientes de todos os quadrantes sócio - culturais.

Algumas delas com cultura e conhecimentos invejáveis.
Rostos e Vidas diferentes deambulam pelas “ruelas e caminhos” da Feira da Ladra.

Rostos e Vidas diferentes vendem e compram…
Vendem e compram antiguidades, culturas, gastronomia.

Vendem e compram literatura, música …..
De tudo se vende e de tudo se compra na Feira da Ladra.



Actualmente a Feira da Ladra está desde 1883 instalada no Campo de Santa Clara, mesmo no centro de Lisboa. É uma das feiras mais antigas do país, penso eu. É de certeza uma feira única no nosso país à beira mar plantado.


Senti-me diferente, ao deambular por aquelas ruas, entre bancas e escaparates, um lugar que embora pareça sem ordem, tem ordem.
Senti-me, naquele lugar diferente, diferente também.


Não queríamos comprar nada em especial.
Eu apenas queria ver e observar. Olhar as pessoas, ver os rostos das gentes da Feira da Ladra.

No meio do nosso passeio, entre conversas e afirmações da veracidade do valor de uma ou outra peça, da sua antiguidade, do “regateio” até se encontrar um preço “justo”, … sim porque o preço “marcado” é tradição ser “regateado”,… ouvi alguém tocar acordeon.

Perguntei, ao dono da “banca” onde se vendiam acordeons e concertinas, quem era aquele homem. Respondeu-me que era um Eng. de Máquinas, tinha imigrado para o nosso país, vindo da Moldávia.

Não foi até Ellis Island.

Tocava com “Alma”.
Tocava com o “Coração”.

Que bem que tocava!



Chegou a hora, tínhamos de partir.


Olhámos um para o outro e dissemos que, tínhamos que voltar, para outro passeio à Feira da Ladra. Não íamos de certeza deixar passar tanto tempo.
Não é para comprar nada. É só para ir à Feira da Ladra.
Ops……, esqueci-me !
Ainda fizemos compras. Como sou coleccionador de Isqueiros, comprei dois isqueiros. A Teresa, comprou um vestido, bem bonito por sinal, feito por uma artesã que também vendia os vestidos e comprou ainda um caderno para escrever as “suas coisas”, com a capa decorada por uma jovem, que também os vendia.


É que na Feira da Ladra também há muita gente com iniciativa, com Arte na Alma e nas Mãos.



Gostei de ir à Feira da Ladra.
Gostei de estar aqui.

(Todas as fotografias são de Teresa e Fernando)
(Algumas foram "trabalhadas" informáticamente)



5 comentários:

  1. Tens razão, a feira da Ladra é um lugar muito particular da cidade de Lisboa, é um sítio com alma, com autenticidade. Também gosto de deambular por lá, de vez em quando.
    Bjs

    ResponderEliminar
  2. Já vi um rouba aqui a ser feito e jurei não voltar ehehehe...

    Bjito

    ResponderEliminar
  3. ººº
    Andei lá muitos anos... a comprar e a vender.

    ResponderEliminar
  4. Excelente esta reportagem!
    Pena não ser mais perto daqui...
    Já lá fui uma vez. Não tive sorte ou não estava com veia assim...

    ResponderEliminar
  5. Obrigado Ellen,JOTA ENE e João pelos V. simpáticos comentários.
    Ellen, Quanto a roubos, foi um má experiência. Vale a pena visitar.
    Quanto ao João Menéres, certamente que faria muito melhor.
    Quanto ao JOTA, eu nunca lá vendi mas já comprei algumas coisa.
    Obrigado e um abraço G'ande.

    ResponderEliminar